Investigação aponta suspeita de uso de criptomoedas para lavar milhões do tráfico

Segundo a polícia, havia desde 2017 uma atuação em conjunto entre uma facção de amplitude nacional de origem paulista e outra que tem base no Vale dos Sinos.

2021@ Duxcripto – CNPJ: 40.703.728/0001-02