Governo negociou propina em criptomoedas por vacinas, mostram mensagens

O Ministério da Saúde e representantes da empresa Davati, que dizia intermediar tratativas com a AstraZeneca, negociaram propina em criptomoedas para liberar vacinas para a rede privada brasileira.

Link da matéria

[email protected] Duxcripto – CNPJ: 40.703.728/0001-02